Plantas Pendentes

Para decorar sua varanda ou sala
Uma varanda com muito vento não devem ter ornamentação em paredes, evitando assim quedas de vasos.

No entanto, varandas protegidas e que recebam sol pela manhã podem ser decoradas com meios vasos e recipientes leves pendentes com plantas adequadas ao ambiente.

A ideia de conjuntos logo nos passa pela cabeça, onde folhagens e plantas floríferas se juntam formando conjuntos harmoniosos e chamativos.

As plantas rasteiras do jardim, também usadas para forrações em lugar de gramados, são resistentes e ótimas para este fim.

Plantas Pendentes para Decorar sua Varanda ou Sala

Suculentas para meios vasos e jardineiras suspensas.

Você pode fazer uma composição de conjuntos de plantas xerófitas.
São plantas que necessitam de pouca água sendo então a escolha apropriada para regiões mais quentes e áridas,e para sacadas com sol à tarde.

Alguns conjuntos sugeridos:

1) Plante num mesmo canto seja em vasos pendentes próximos ou em uma jardineira suculentas perenes com folhagem em tons de verde azulado como rabo-de-burro (Sedum morganianum) e outra de verde intenso como a rosinha-de-sol (Aptenia cordifolia) de pequenas flores vermelhas;

 2) Também de cultivo ao sol ou com meia sombra à tarde a beldroega (Portulaca oleracea) de folhinhas verdes suculentas e flores em diversas cores com ramos mais curtos completando com o coração-de-pedra (Ceropegia woodii ), de longos ramos repleto de pequenas folhas em forma de coração em tons de verde cinzento e flores de formato estranho;

sedum-morganiamum
Rabo-de-burro (Sedum morganianum)

Outras sugestões para decorar a varanda com pendentes

Você pode optar também por vários conjuntos de herbáceas perenes ou de estação para jardineiras com plantas pendentes, podendo ser cultivadas sozinhas ou em conjuntos.

FLOR-CANHOTA COM LOBÉLIAS

Num vaso pendente afastado da parede, com o recipiente escondido pela folhagem, a flor-canhota (Scaevola aemula), de flores rosa – lilás ou brancas com lobélias (Lobelia erinus) de flores roxas.

Também faria belo efeito a flor-canhota em cultivo solteiro com flores em rosa e branco, somente.

Colocar de 3 a 6 unidades para ficar bem compacto.

Para jardineiras usar o espaçamento de 20 cm entre plantas.

RABO-DE-GATO COM PETÚNIAS

Jardineiras com rabo-de-gato (Asparagus densiflorus “Myersii”), de folhinhas bem pequenas em ramos pendentes, podendo ser cultivado sozinho ou com petúnias (Petunia x hybrida)

Petunia- pendentes
Petúnias (Petunia x hybrida)

A CAMPAINHA OU IPOMEIA

Algumas plantas devem ser cultivadas sozinhas pois desenvolvem grande massa folhar, como é o caso da campainha (Ipomoea purpurea), uma trepadeira anual de belas flores podendo ser encontrada em branco, rosa e roxas.

Ideal para ornamentação de verão em floreiras de sacadas ou de entradas de carro.

FOLHAGENS PENDENTES

Ornamentação das jardineiras com folhagens podem também fornecer o complemento para paredes claras e jardins repletos de flores.

Entre tantas plantas, recomendamos o veludo-roxo (Gynura tomentosa) para meia sombra.

E, para cultivo ao sol: a trapoeiraba-roxa (Tradescantia pallida), a falsa-hortelã (Plectranthus coleoides) e o aspargo-pendente ( Asparagus densiflorus “‘Sprengeri”).

Asparagus- densiflorus
Aspargo-pendente ( Asparagus densiflorus “‘Sprengeri”)

MISTURE PETÚNIAS COM GERÂNIOS PENDENTES

Podemos inserir plantas de ciclo curto nas jardineiras com plantas perene que poderão fornecer o colorido de suas flores numa estação, permitindo a troca por outras sem que seja necessária a renovação de todo o substrato.

É o caso das petúnias (Petunia x hybrida), de flores brancas, rosa, vinho e variegadas, que são comercializadas em 15 unidades por caixa.
Fazem excelente efeito consorciadas com gerânios pendentes (Pelargonium peltatum).

Dicas no preparo dos vasos das pendentes

Escolher recipientes leves de cerâmica fina em forma de meios vasos, de plástico ou fibra de coco.

Na parede serão pendurados em parafusos fixados por buchas, com melhor estabilidade, embora possam cair pela ação de ventos fortes.

A técnica de plantio consiste na preparação do vaso com manta acrílica, pedrinhas e areia no fundo, permitindo a drenagem das águas de regas ou chuva.

Colocar composto orgânico misturado com areia na proporção de 4:1 acrescentando 20 g de adubo granulado  para recipientes somente com folhagens.

Para plantas com flores coloque 20 g.

Misturar bem, colocar parte no fundo do vaso, acomodar os torrões e preencher com a mistura.

Deixar sem colocar 1,5 cm a partir da borda, para evitar que a água da rega escorra levando terra junto.

Após o plantio regar bem, deixar escorrer e pendurar.

A rega dos vasos pendentes

Lembrar que vasos pendurados têm maior evaporação da água, principalmente se expostos ao sol.

Para saber se o substrato está seco necessitando de mais rega, colocar os dedos 1,0 cm abaixo da linha de solo, se estiver levemente úmido não regar.

Plantas herbáceas de folhas delicadas evaporam mais água pela respiração.

Já as suculentas e cactáceas têm um tipo de estrutura resistente que permitem que não desidratem com facilidade, propiciando regas mais espaçadas.
ceropegia-woodiiceropegia-woodii

Fonte: Faz Fácil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *