• FINAL 2 - familia flores

    100% Natural

    EcoAdubo oferece nutrição orgânica saudável para plantas

  • FINAL2 - bebe com cachorro na grama

    Seguro e Confiável

    Sem odor e livre de bactérias. Pode ser usado próximo a animais de estimação.

  • FINAL CASAL IDOSO

    Age por muito mais tempo

    Os nutrientes são liberados durante a rega, proporcionando uma nutrição constante e duradoura.

  • FINAL casal cesta verduras

    Rende Muito

    Cada embalagem é suficiente para adubar 40 vasos ou 15m2 de jardins e gramados.

  • FINAL 3 - homem jardim

    Dura mais

    Até dois meses de ação contínua. Plantas bonitas, fortes e saudáveis. Maior resistência à ação de pragas e doenças.

  • FINAL - MAE E FILHA JARDIM

    Rápido e Fácil de Aplicar

    O formato granulado torna simples a aplicação e facilita o enraizamento.

  • FINAL Casal Escolhendo Flores

    Ideal para todos os tipos de plantas

    Inclusive nas flores mais delicadas como orquídeas, rosas e violetas.

  • FINAL 3 - mao juntas muda planta

    Ecologicamente Correto

    Aumenta a fertilidade do solo e sua capacidade de fornecer nutrientes.

  • FINAL - menino oferecendo bouquet flor menina

    Qualidade Comprovada

    Aprovado pelo Ministério da Agricultura e atestado por laboratório ISO 17025:2005.

Dicas para ter um jardim sempre florido
Brincando e ensinando jardinagem para crianças
Os Feijões Mágicos

Eles não cresceram até revelar um lugar com a galinha dos ovos de ouro, mas trouxeram tesouros muito maiores para as crianças que aprenderam na escola a cultivar uma sementinha.

“O meu ganhou! O meu ganhou!” Minha irmã entrou no quarto aos pulos, trazendo o potinho de iogurte como um troféu, o atestado público da minha incompetência jardinística. Lá dentro, socado no meio de um bolo de algodão molhado, as bordas já marrons, o grão espreguiçava os dois cotilédones como os bebês fazem com os bracinhos quando querem ser carregados no colo.

Levantei a contragosto, ferida pela desfeita de um feijão ingrato. Eu que tinha aprendido o truque do algodãozinho na escola. Eu que peguei feijões com a minha mãe — “De várias cores, a professora disse que tem que levar tudo colorido!”. Eu que tinha molhado o chumaço de algodão, eu que tinha colocado no sol; e quem levava os créditos era justo a Tathiana, três anos mais nova do que eu. Que irritante… Leia Mais

O lixo que não é lixo

Há alguns anos, quando a possibilidade de reciclar materiais entrou em pauta no nosso cotidiano, começamos a descobrir que o que pensávamos ser lixo era matéria prima de grande valor para a indústria e poderia voltar ao mercado em forma de novos produtos. E com duas grandes vantagens: reduzindo o uso de matéria prima nova e deixando de ocupar espaço em aterros sanitários, que já são um problema grave, principalmente nos grandes centros urbanos.
Quem já fez da separação de materiais para reciclagem parte do seu dia a dia percebeu que o volume de lixo diminuiu bastante, mas muita coisa ainda é jogada fora. Por “muita coisa” entenda-se: mais da metade do lixo produzido na sua casa.
E é com esse volume de dejetos que ainda é coletado pelo lixeiro “comum” que podemos aprender mais uma vez que tudo pode se transformar e dar início a um novo ciclo.

Resultado de imagem para lixo organico, lixo que não é lixo Leia Mais

O mineiro que cultiva mais de 150 espécies na laje de casa

Na vida corrida dos centros urbanos, garantir uma alimentação saudável pode ser um desafio, tanto na rua quanto em casa. Por isso, cultivar uma horta em casa pode ser uma boa alternativa às hortaliças vendidas em supermercado. Pode parecer um desafio ainda maior fazer o cultivo em casa, mas não é bem assim. Além de se certificar que está consumindo um produto orgânico, portanto mais saudável, pode ser também uma boa atividade mental, como afirmou o comerciante Marco Antônio Pinheiro Machado, o Marquinho Biggs, que cultiva uma horta com mais de 150 espécies na laje da sua casa em Rio Novo, MG. Leia Mais