Veja como a garrafa pet pode auxiliar na manutenção de hortas e plantas.

Queridos hortelões sem espaço, quem disse que não dá para plantar berinjela e outras plantas do mesmo porte em vasos?

Você provavelmente tem ou já viu o famoso buxinho no quintal do seu vizinho ou ainda em outros jardins da sua cidade. Muito popular aqui no Brasil, esse arbusto é conhecido por vários nomes além de buxinho.  Com o nome cientifico de Buxus sempervirens, é chamado também por buxo ou bucho. Você sabia que ele é originário da China? Continue lendo esse post para saber mais sobre o popular buxinho.

Da mesma família que os girassóis e as margaridas, as lindas gérberas pertencem a uma espécie que encanta pela sua beleza e também pela sua grande variedade de tonalidades. São cerca de 20 tipos de cores que vão do branco ao vermelho.

Essa é uma dúvida muito comum entre os jardineiros de primeira viagem: como limpar as folhas das plantas? Parece fácil, e até inúmeras receitas circulam por aí, mas nem todas elas fazem bem para as espécies – podendo até prejudicar o aspecto e o seu desenvolvimento. Para que você não cometa erros, preparamos uma série de dicas que explica melhor como você pode manter suas plantas com uma aparência cheia de frescor. Espie!  

As pesquisas que comprovam a eficácia dos usos terapêuticos das plantas medicinais ocorrem em ritmo acelerado. Como consequência, o mercado dos fitoterápicos, medicamentos a base de plantas, tem crescido nos últimos anos cerca de 10 a 14% ao ano.

Para quem mora em apartamento, a varanda representa a possibilidade de ter um pouco de verde ao redor. “É fundamental reservar um local para a natureza. Não importa o tamanho do jardim, mas sim a qualidade de vida que ele nos oferece”, diz a paisagista Paula Magaldi.

Pergunte a seus avós se, quando jovens, eles conheciam uma orquídea que pode ser plantada na terra, agüenta sol forte e chega a 2,5 metros de altura e o olhar espantado deles será sua resposta. Como acontece na moda e na beleza – até mesmo com carros e cachorros! –, as plantas também passam por modismos. Enquanto violetas e begônias foram algumas das espécies mais comuns nos jardins de nossos avós, hoje, quem tem um quintal onde bata bastante sol quer uma orquídea-bambu para chamar de sua.

Queridos hortelões, hoje a dica não poderia ser mais simples! Você quer que suas ervas aromáticas estejam sempre bonitas, vistosas e saborosas? Então, use-as! Sim, é isto mesmo, o uso (ou melhor, a colheita/poda) é responsável por deixar a planta mais bonita, ramificada (cheinha) e saborosa.

As plantas trazem frescor e beleza a qualquer ambiente da casa, mesmo quando cultivadas em suportes bem pequenos. Mas vegetais sobrevivem de forma saudável em um vaso com poucos centímetros de altura? Embora a área para as raízes crescerem seja modesta e a quantidade de substrato pouca, cultivar em um recipiente mínimo é possível. Para isso, você precisa optar pela espécie certa e tomar os cuidados adequados. A seguir, iremos esclarece as dúvidas de plantio e indica as variedades que resistem melhor a espaços ínfimos.